Menu
COMEÇA A IMUNIZAÇÃO DE PROFISSIONAIS AUTÔNOMOS DE SAÚDE EM SERTÃOZINHO E CRUZ DAS POSSES

COMEÇA A IMUNIZAÇÃO DE PROFISSIONAIS AUTÔNOMOS DE SAÚDE EM SERTÃOZINHO E CRUZ DAS POSSES

Mutirões aconteceram no Teatro Municipal e no Centro de Especialidades Médicas em Sertãozinho. Em Cruz das Posses, equipe está na UBS “Edgard Silveira Pagnano”

 

 

A vacinação de profissionais autônomos de saúde começou às 8h desta quinta-feira (4) em Sertãozinho. As equipes da Secretaria de Saúde e da Vigilância Epidemiológica ficaram hoje no Teatro Municipal de Sertãozinho, no Centro de Especialidades Médicas e na UBS “Edgard Silveira Pagnano”, em Cruz das Posses. Foram 1.330 doses aplicadas.

 

Para o secretário de Saúde, Dr. João Ortolan, a vacinação está dentro do previsto. “Tivemos um grande fluxo pela manhã, que foi rapidamente solucionado com o início das aplicações", comentou. Ele explica que é importante que todos os grupos tomem a vacina, já que a imunização é responsável até mesmo por diminuir as chances de mutações genéticas do vírus.

 

"Aumentando o número de pessoas imunizadas, você reduz a circulação do vírus, além de dificultar a mutação genética dele", diz. Neste momento, foram contemplados todos os funcionários que mantêm qualquer tipo de contato nos estabelecimentos de saúde.

 

Jandira Costa Martins é faxineira em uma clínica ortopédica e pôde ser imunizada nesta manhã no Teatro Municipal. “Muito melhor agora porque eu já tive Covid-19. Agora me sinto despreocupada. Muito bom a vacina ter chegado agora em Sertãozinho para nós todos”, declara.

 

Já Isabela Desidério Agostinho é auxiliar e recepcionista em um consultório odontológico. “Agora vou poder ficar mais tranquila para trabalhar”, declara. Nesta etapa foram vacinados médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, técnicos de laboratório, auxiliares e técnicos de enfermagem, auxiliares de consultório dentário, técnicos de higiene dental, agentes funerários, profissionais de limpeza e educadores físicos, desde que trabalhem na área da saúde.

 

Foi obrigatória a apresentação de documentos que comprovassem qualquer vínculo com a empresa ou repartição ligada à saúde. Todos os profissionais que procuraram pelo serviço foram vacinados. Quem não conseguiu se vacinar desta vez, terá prioridade na próxima remessa.